Meus Piores Acidentes de Viagem e como Evita-los

Quem me conhece sabe que posso ser um desastre ambulante. Por mais que eu goste de pensar em mim como um viajante experiente do mundo, muitas vezes os meus acidentes de viagem fazem-me parecer com qualquer coisa menos.

Eles certamente tornaram minhas aventuras mais interessantes (até mesmo divertidas), mas também foram caras, demoradas e dolorosas. Para salvá-lo de cometer os mesmos erros, aqui estão alguns dos meus piores acidentes de viagem, e como evitá-los.

ACIDENTE DE VIAGEM #1 – UM ESTÔMAGO FRACO EM CUBA

Eu estava ciente de que comer frutas em países onde a água não é segura para beber é contraindicado.

Mas não resisti a acabar com deliciosos morangos no buffet de sobremesas com calda de chocolate. Acalmei-me numa falsa sensação de segurança depois de passar uma semana em Cuba sem incidentes, fiz de mim um porco e, em seguida, felizmente, fui para a cama.

Avançando para as 23h. Em um pânico selvagem, eu me catapultei para fora da cama e fui para o banheiro. Acabou. Game Over. E de novo, a cada dez minutos pelas próximas nove horas.

Foi uma noite miserável, e me custou a última excursão da minha turnê (porque passar o dia em um ônibus quente com estradas acidentadas não ia dar certo).

morango

 

DICA: Se você estiver em um país onde não é seguro beber água, coma apenas frutas que você descascar (como laranjas e bananas). Evite gelo em suas bebidas (a menos que venha de água filtrada) e escove os dentes com água engarrafada. Finalmente, use uma pastilha prebiótica, antes e durante sua viagem para fortalecer suas bactérias intestinais boas para evitar um acidante.

ACIDENTE DE VIAGEM #2 – QUEIMADURAS SOLARES E CORAIS DE FOGO EM PORTO RICO

Qualquer um que viaja para uma praia quer voltar com aquele brilho beijado pelo sol. E como eu estava no início dos meus 20 anos (e claramente era invencível), eu pensei “por que não desistir do protetor solar e ficar realmente bronzeada?”

Então, depois de mergulhar durante horas, minhas costas tinham lentamente cozinhado até que eu parecia uma lagosta. Essa deve ser a parte mais dolorosa da viagem, certo? Errado.

Decidindo que eu tinha mergulhado suficiente para um dia, eu pensei que era uma boa idéia sair da água virada para a frente com minhas nadadeiras. Brilhante. Só precisou de uma onda decente para me desequilibrar e me mandar direto para um leito de coral de fogo. No qual eu bati (com força) com as minhas costas. Não há palavras, só dor.

corais de fogo

DICA: Use protetor solar. E se você estiver com nadadeiras, sempre saia do oceano para evitar cair desajeitadamente (em coral de fogo… com seus pedaços).

ACIDENTE DE VIAGEM #3 – SENDO ROUBADA EM ROMA

Foi a minha primeira viagem ao exterior e não fazia ideia do que estava fazendo. Quando entrei na luz do sol fora da estação de trem em Roma, fiquei maravilhada com o meu novo ambiente. Com a boca aberta, estava escrito na minha testa que era uma turista.

Eu andei de 30 metros antes de ter minha mochila roubado por uma garota de 11 anos. Felizmente ela só escapou com um saco de balas e não minhas jóias caras que estavam no mesmo bolso!

roubando

DICA: Áreas movimentadas (como estações de trem, aeroportos e atrações turísticas lotadas) estão cheias de pickpocketers. Esteja ciente do seu ambiente e tenha sua bolsa na sua frente (não atrás!) Investir em uma bolsa resistente à violação também é uma ótima ideia.

ACIDENTE DE VIAGEM #4 – TIRAR FOTOS (NÃO TÃO) SECRETAS NA ALEMANHA

Era só eu sendo “aquela garota” de férias. Havia sinais em todo o castelo de Neuschwanstein na Alemanha dizendo que fotos não eram permitidas. Mas eu estava desesperada por fotos do magnífico interior, então coloquei minhas calças sorrateiras.

Você pensaria que um aviso seria suficiente, mas eu fui um idiota. Fiquei fascinada com a história por trás do Singers Hall, então eu levantei meu telefone para tirar uma foto rápida.

Só então, o guia turístico do grupo atrás de nós gritou “guarde o telefone po#*@” Ele ecoou em toda a sala enorme, o grupo olhou desapontadamente, e meu rosto ficou vermelho como aquela queimadura solar porto-riquenha.

castelo

DICA: Ouça o que os guias dizem, e não tire fotos onde você não deveria. Especialmente com um flash (o que pode causar danos à arte e interiores).

ACIDENTE DE VIAGEM #5 – SENDO QUEBRADA NA BÉLGICA

Durante uma viagem de um dia à Bélgica para comer waffles, eu trouxe meu cartão de crédito e nada mais. Afinal, eu não precisava de euros o tempo todo em que estive em Amsterdã, então eu os gastei propositalmente para evitar taxas de conversão ao voltar para casa.

Na época, meu cartão de crédito não tinha um chip, então ele acabou por ser praticamente inútil na Bélgica. Literalmente, nenhum lugar aceitou cartões de crédito, e porque não tinha um chip, os caixas eletrônicos não permitiam que eu sacasse dinheiro. Eu estava quebrada e cercada por comida deliciosa e lembranças adoráveis (nenhuma das quais eu poderia comprar). Foi um dia muito longo.

cartão

DICA: Certifique-se de que você tem dinheiro com você o tempo todo, e um cartão com chip ao viajar para o exterior.

ACIDENTE DE VIAGEM #6 – ATACADA POR UM CARACOL CONE NO HAVAÍ

Enquanto mergulhava no Havaí vi uma bela concha que queria guardar. Porque nada vive em conchas, certo? Por isso, sendo a menina esperta que sou, enfiei na minha roupa mergulho por segurança.

Cinco minutos depois, eu estava me contorcendo de dor no meio da baía. Um caracol cone que estava vivendo na concha estava me picando repetidamente (e com razão). E como eu estava com uma roupa de mergulho, era quase impossível puxá-la para baixo longe o suficiente para chegar ao meu agressor.

Depois te algum tempo, finalmente consegui libertá-la e nadar de volta para a costa, eu já estava sofrendo de uma dor de cabeça horrível, tonturas, náuseas extremas e um nódulo enorme do meu lado (que agora é uma cicatriz, lembrando-me de deixar as coisas em paz).

caracol

DICA: Você pode admirar a beleza da Mãe Natureza sem roubá-la para a decoração do seu banheiro.

Portanto, embora você tenha quase a certeza de ter alguns percalços de viagem, tomar as precauções necessárias pode ajudá-lo a evitar muitos deles.

Thanks for Reading

Enjoyed this post? Share it with your networks.

Leave a Feedback!